A maioria das pessoas está bem familiarizada com o conceito de energia elétrica e como ela funciona. É aquela que faz funcionar máquinas e aparelhos, e que chega até cada casa ou empresa por meio de um sistema interligado, desde a transmissão até a distribuição. 

Entretanto, no Mercado Livre, lidamos dia a dia com termos mais abstratos que podem soar estranhos — como lastro de energia, por exemplo. Ter o conhecimento desse conceito pode auxiliar no entendimento do funcionamento energético e a evitar penalidades futuras.

Mas afinal, o que é lastro de energia?

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) mensalmente apura o total dos contratos das empresas (recursos) e o consumo de energia (requisitos). E, com base no somatório dos últimos 12 meses, consolida o que  é considerado lastro de energia, conforme explica o gráfico abaixo:

 

Fonte: CCEE

 

Insuficiência de lastro de energia pode gerar penalidade

A insuficiência por lastro de energia caracteriza-se quando o total de energia consumido nos últimos 12 meses for maior que o total de contratos no mesmo período, o que configura um déficit de lastro de energia. Caso a empresa possua mais de uma unidade, será necessário verificar a classificação de cada uma. Dentro das possibilidades (especial e não especial), é preciso saber quais déficits de energia especial não poderão ser atendidos por sobras de energia não especial e quais sobras de energia especial poderão atender déficits de energia não especial.

 

Fonte: CCEE

 

O montante de energia obtido será utilizado para calcular a penalidade financeira, seja ela especial ou não especial, conforme cálculo abaixo:

 

 

O Preço de Referência utilizado para penalizar os consumidores que possuem lastro de energia não especial é determinado pelo maior valor entre o preço médio de liquidação das diferenças para penalização e o valor de referência. No caso dos agentes especiais, ele será o maior valor entre o preço médio de liquidação das diferenças para penalização e o preço de lastro de energia especial determinado pela ANEEL. 

Por isso, é importante se certificar que o balanço energético da sua empresa está sendo feito da forma adequada e que o lastro de energia está sendo apurado para evitar a ocorrência de penalidade. 

Afinal, o Mercado Livre é um ambiente alternativo de contratação de energia que traz vantagens para sua empresa, certo? 

Quer ter ao lado da sua empresa um time de especialistas voltado para solucionar essas demandas? Conheça as soluções da ENGIE para seu negócio no site.

Texto produzido por Laura Hartamann.

 

 

Laura Hartamann, Executiva de contas de Soluções da ENGIE.