Freezers, refrigeradores, sistemas de climatização e iluminação, fornos elétricos, equipamentos de segurança. São muitos os itens utilizados em bares e restaurantes que fazem a conta de luz bastante onerosa para esses estabelecimentos. De acordo com Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o custo da energia elétrica varia entre 10% e 15% nos restaurantes.

Por isso, a busca por alternativas para alcançar a economia de energia em restaurantes e bares é uma constante para empresários do setor. Desde a geração da própria eletricidade, passando por mecanismos de controle e monitoramento de recursos, o rol de possibilidades para conter o impacto do custo da energia é amplo e pode ajudar a vencer o desafio da eficiência, que é ainda maior para quem administra uma cadeia com diversas unidades de bares ou restaurantes.

Energia solar: redução de custos e sustentabilidade

A economia de energia em restaurantes e bares não é tão simples como em escritórios ou residências. Desligar o ar-condicionado, reduzir a potência ou o número da equipamentos para refrigeração não é uma opção, uma vez que a qualidade vem em primeiro lugar no atendimento aos clientes. Assim, para enfrentar os altos custos de energia, muitos estabelecimentos passaram a gerar a própria energia através do sol.

Sistemas fotovoltaicos constituem um investimento com rápido retorno financeiro (payback) e podem resultar em até 90% de economia na conta de luz. Além disso, a geração de energia fotovoltaica é um processo sem emissão de gases poluentes na atmosfera, garantindo uma operação mais sustentável para quem utiliza a tecnologia.

Outra vantagem está na possibilidade de compartilhar a geração energética. Assim, através da autogeração, empresas sob a mesma titularidade e dentro da mesma área de concessão da distribuidora de energia podem usufruir dos benefícios gerados por um único sistema fotovoltaico.

Economia de energia pode ser potencializada com customização de soluções

Sozinho, o potencial dos sistemas fotovoltaicos representa uma economia significativa para bares e restaurantes. Quando combinado a soluções customizadas sob medida para a empresa, os resultados são ainda melhores. Isso porque o custo de energia e de outros recursos como água, gás e equipamentos estão interligados e também devem ser levadas em consideração.

>> Conheça a ferramenta que permite redução de até 30% nos gastos com energia e utilidades   

Após implementar a geração energética a partir de uma fonte mais econômica, é preciso pensar se o consumo da energia está ocorrendo de acordo com as melhores práticas relacionadas à eficiência. Desse modo, utilizar tecnologias de monitoramento e controle de recursos, modernizar o sistema de iluminação com lâmpadas mais eficientes, obter uma maior previsibilidade na realização de manutenções em sistemas de refrigeração e ar-condicionado, bem como aprimorar a infraestrutura predial elevam a economia alcançada.

Ao identificar essas necessidades, resta encontrar um parceiro de confiança e com experiência que possa auxiliar sua empresa ou rede de bares e restaurantes a alcançar a eficiência. Caso queira saber mais sobre as oportunidades de economia de energia e utilities no seu bar ou cadeia de restaurantes, vamos conversar.