A energia solar fotovoltaica tem muito a agregar à construção civil, tanto com a execução de obras mais sustentáveis e econômicas quanto pelo maior valor agregado de imóveis que contam com o próprio sistema fotovoltaico. A geração de energia através do sol pode estar presente desde a idealização de um projeto de engenharia ou arquitetura que ainda será realizado até em construções já finalizadas.

Embora a instalação nos dois casos tenha diferenças, ambos garantem as vantagens da geração de energia fotovoltaica. É disso que falaremos a seguir!

Por que idealizar uma obra com painéis solares fotovoltaicos desde o princípio?  

Quando incluída em uma construção desde a fase do projeto, a energia fotovoltaica observa diversos benefícios. Entre eles, estão a possibilidade de planejar antecipadamente o local que receberá os painéis solares, buscando a melhor posição para otimizar a performance de geração de energia.

Além disso, nesta etapa, há como destinar um espaço específico para o inversor e para a tubulação do sistema, evitando a quebra de paredes ou que a instalação fique exposta.    

Cuidados que devem ser tomados antes da instalação

Para levar a energia fotovoltaica à construção civil com mais agilidade e segurança, alguns cuidados se fazem necessários:

  • A geração de energia fotovoltaica requer uma área para instalação dos painéis que varia conforme a potência do sistema, ou seja, de acordo consumo da residência ou empresa.         
  • É preciso evitar que o sistema fotovoltaico fique sob a sombra de caixas d’água, chaminés, toldos e outros objetos, pois isso pode interferir na performance dos painéis. Quando o sombreamento for inevitável, é possível redimensionar o tamanho do sistema, para que compense as áreas sombreadas. 
  • A posição e angulação do sistema são pontos de atenção. A empresa responsável pela instalação poderá informar o melhor posicionamento para os painéis.
  • Instalações elétricas requerem aterramento, sistema que tem por finalidade reduzir a variação de tensão em uma rede elétrica, eliminando fugas de energia e protegendo os usuários de possíveis choques elétricos. 
  • Para implementar painéis fotovoltaicos no solo, é preciso garantir que o terreno possua terraplanagem, drenagem e resistência para escavação da estrutura metálica que sustenta os painéis. Na ENGIE, realizados esses serviços conforme a necessidade do cliente.   
  • As instalações em telhados já construídos exigem que o local esteja com infraestrutura em boas condições. Para isso, é necessária a presença de um projeto estrutural do telhado, bem como um laudo e uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART Civil), que o engenheiro da empresa responsável pela instalação do sistema fotovoltaico deve avaliar. 

Obras já finalizadas também podem se beneficiar

Nas construções já existentes, o processo de instalação normalmente ocorre de modo rápido. Conforme falamos anteriormente, é preciso ficar atento à posição do telhado ou terreno onde os painéis serão alocados, a fim de que atinjam a maior eficiência na geração.

Algumas vantagens de instalar sistemas fotovoltaicos na construção civil são compartilhadas por obras na fase de projeto e aquelas já finalizadas: os custos de manutenção do sistema fotovoltaico, que são baixíssimos nos dois casos; a redução significativa na fatura de energia, que pode chegar a mais de 90%; a sustentabilidade, já que sistemas fotovoltaicos não emitem gases do efeito estufa no processo de geração da energia.

Além de tudo isso, ao gerar a própria energia elétrica, todos os imóveis que possuem um sistema fotovoltaico passam por uma significativa valorização para aluguel ou venda. 

Quer todas essas utilidades na sua construção? Simule agora a sua economia e leve os benefícios da energia solar para sua obra.